A reconstrução do ambiente traumatogênico a partir da dinâmica transferencial, na clínica winnicottiana

Alfredo Naffah Neto

Resumo


Este artigo parte da problemática das construções – ou reconstruções – em análise, tal qual postulada por Freud, para então retomá-la, à luz da clínica winnicottiana. Descreve, primeiramente, o tipo de reconstrução freudiana, exemplificando-a com a reconstrução da visão da cena primária, no caso do “homem dos lobos”. Em seguida, entra na caracterização da reconstrução na clínica winnicottiana, para distingui-la daquela da clínica freudiana. Por meio de um caso clínico de Winnicott, ligado à fantasia de espancamento, procura evidenciar como a reconstrução do ambiente traumatogênico, apoiada no escrutínio do campo transferencial, pode ser uma ferramenta clínica terapeuticamente eficaz.

Texto completo:

PDF

Referências


Ferenczi, S. (1993). O sonho do bebê sábio. In S. Ferenczi, Obras completas (Vol. III). São Paulo: Martins Fontes.

Freud, S. (1918 [1914]). História de uma neurose infantil (“O homem dos lobos”). In S. Freud, Obras completas (Vol. 14; Paulo César de Souza, Trad.). São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

Freud, S. (1919). “Batem numa criança”: contribuição ao conhecimento da gênese das perversões. In S. Freud, Obras completas (Vol. 14; Paulo César de Souza, Trad.). São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

Freud, S. (1937). Construcciones en el análisis. In S. Freud. Obras completas. Buenos Aires: Amorrortu, 1986.

Leclaire, S. (1977). O corpo da letra ou o enredo do desejo da letra. In S. Leclaire. Psicanalisar. São Paulo: Perspectiva.

Naffah Neto, A. (2017). A problemática da sexualidade infantil segundo D. W. Winnicott: desfazendo mal-entendidos. In A. Naffah Neto, Veredas psicanalíticas: à sombra de Winnicott. S.l.: Novas Edições Acadêmicas.

Winnicott, D. W. (1958). Psychogenesis of a beating fantasy. In D. W. Winnicott, Psychoanalytic explorations. Cambridge/Massachusetts: Harvard University Press, 1997.

Winnicott, D. W. (1968). The use of an object and relating through identifications. In D. W. Winnicott, Psycho-analytic explorations. Cambridge/Massachusetts: Harvard University Press, 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 ISSN 2175-2834