Pulsão de morte, entre a repetição e a criação

Autores

  • aline sanches UEM- departamento de psicologia

Resumo

A fim de circunscrever minhas reflexões no tema deste colóquio, que tem Pandemia em seu título assim como Sofrimento e Morte, proponho, como muitos colegas já fizeram e ainda o farão, resgatar noções freudianas sobre a pulsão de morte e sobre a cultura. Ao mesmo tempo, trarei alguns elementos para pensar a pandemia como Acontecimento, de acordo com o aparato conceitual dado por Gilles Deleuze, em que o conceito de pulsão de morte também será fundamental, entrando em novas composições. Se em Freud a pulsão de morte torna-se fundamental para compreender a agressividade e a repetição, Deleuze efetua algumas torsões conceituais para associá-la sobretudo à criação.

Publicado

2020-12-31